COVID 19- As lições do primeiro mês!

 

Acredito que neste século XXI, este tenha sido o mês que o céu tenha recebido mais oração. 

   

 

     O que aprendemos (ou precisaríamos aprender) neste primeiro mês diante do inimigo invisível que parou o mundo? Arrisco-me:

     A Vulnerabilidade humana: Somos fracos, não somos onipotentes. Um vírus mudou planos, estratégias, fechou fronteiras, deixou as metrópoles do mundo desertas, nos parou! Alguns perderem seus entes queridos em poucas horas, sem mesmo poder despedir-se.

Ajuda-nos meditar uma frase do Padre Fábio: “A vulnerabilidade é o que nos define como ser vivo”. 1

     O Autoconhecimento: Nunca foi tão importante manter a saúde emocional. Certamente o isolamento social nos levou para uma viagem interior, um período de introspecção. Momento profundo de conhecimento de si mesmo!

     Lembro-me de Leonardo da Vinci: “Nada pode ser amado ou odiado antes de ser conhecido”2

     O Reencontro com os valores essenciais da vida: Valores esquecidos e negligenciados estão sendo redescobertos debaixo do nosso próprio nariz! Retornamos ao aconchego dos lares, intensificamos a convivência familiar…

     Lembrou-nos o Papa na última sexta-feira: “Avançamos, destemidos, pensando que continuaríamos sempre saudáveis num mundo doente”.3

     A Primazia da Vida sobre a economia: Por mais difícil que seja, e embora haja uma relação entre nosso ser e agir, foi preciso entender que a nossa saúde é o bem maior. Seria triste se o oposto fosse escolhido, haveria certamente um genocídio viral.

Parece-me justa, clara e verdadeira a frase do governador de Pernambuco: “Vida perdida não se recupera”.4

     Disse também o presidente da OMS:  “Todo indivíduo importa” (Tedros Adhanom)5

     A Colaboração Social: Precisamos uns dos outros! O mundo globalizado não conhece fronteiras! O isolamento social é também um ato de respeito à vida do próximo! Um pequeno ato pode parecer bobeira, mas não é. São nossas vidas que estão em jogo. E vive-se apenas uma vez!

     Eu sei que o meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele o oceano seria menor, disse a Madre Teresa!6

     A Solidariedade: Almas generosas são visibilizadas e despertadas nesta hora. Sejam nas iniciativas de pessoas que levam alimentos e produtos de limpeza nas favelas; seja no maior plano global organizado pela OMS para encontrar a vacina para o vírus. O projeto é mundial e chamasse justamente “Solidariedade”!

     Betinho dizia: “Estamos todos desafiados a praticar a ética da solidariedade”.7

     Redescoberta dos heróis da saúde esquecidos: Só lembramos deles quando estamos doentes! E quando a humanidade toda adoece? Muitos estão literalmente salvando vidas oferecendo as suas próprias! Atos heroicos! Mártires da pandemia…

     Acredito que ninguém como o Papa expressou-se tão bem até agora:

     “É a vida do Espírito, capaz de resgatar, valorizar e mostrar como as nossas vidas são tecidas e sustentadas por pessoas comuns (habitualmente esquecidas), que não aparecem nas manchetes dos jornais e revistas, nem nas grandes passarelas do último espetáculo, mas que hoje estão, sem dúvida, a escrever os acontecimentos decisivos da nossa história: médicos, enfermeiros e enfermeiras, trabalhadores dos supermercados, pessoal da limpeza, curadores, transportadores, forças policiais, voluntários, sacerdotes, religiosas e muitos – mas muitos – outros que compreenderam que ninguém se salva sozinho”.8

     Retorno à fé e um novo modo de vivê-la: Acredito que neste século XXI, este tenha sido o mês que o céu tenha recebido mais oração… Quanta gente voltou a se relacionar com Deus… quantas casas se transformaram novamente em igrejas, como era no cristianismo primitivo. Quantos cultos e missas transmitidos on-line…

Até Lutero ajuda os crentes neste momento: “Deus criou remédios e nos dotou de inteligência para proteger e cuidar do corpo… Usem os remédios; tomem fármacos que possam vos ajudar, fumeguem a casa, o pátio e a rua; evitem pessoas e lugares onde o vosso vizinho não precisa da sua presença”.9

     Terminemos pedindo a sabedoria do Espírito para este tempo imprevisto, catequético e profético! Meditemos também as palavras de Dom Helder tão propícias para estes dias:

     “Aceita as surpresas que transformam teus planos, derrubam teus sonhos, dão rumo totalmente diversos ao teu dia e, quem sabe, à tua vida. Não há acaso! Dá liberdade ao Pai para que Ele mesmo conduza a trama dos teus dias”.10

 

 

 

Eduardo Braga
Mestre de Teologia Dogmática pela Universidade Gregoriana em Roma (Pontificia Università Gregoriana)

 

 

 

[1] MELO, Fábio de. Status. 24 jan. 2016. Twitter: @pefabiodemelo. Disponível em: https://twitter.com/pefabiodemelo/status/691272218052026369. Acesso em: 30 mar. 2020.

[2] KUMAR, Prasenjett. Celebrando Artistas Quietos: histórias inspiradoras de artistas introvertidos. Hackensack: Babelcube Inc, 2017. Tradução: Makoto Yamamoto.

[3] FRANCISCO. MOMENTO EXTRAORDINÁRIO DE ORAÇÃO EM TEMPO DE EPIDEMIA: bênção “urbi et orbi”. BÊNÇÃO “URBI ET ORBI”. 2020. Disponível em: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/messages/urbi/documents/papa-francesco_20200327_urbi-et-orbi-epidemia.html. Acesso em: 01 abr. 2020.

[4] G1 PE (Pernambuco). Portal de Notícias G1. ‘Vida perdida não se recupera’, diz governador Paulo Câmara sobre isolamento para conter coronavírus. 2020. Disponível em: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2020/03/25/vida-perdida-nao-se-recupera-diz-governador-paulo-camara-sobre-isolamento-para-conter-coronavirus.ghtml. Acesso em: 25 mar. 2020.

[5] BRUNA LIMA. Correio Brasiliense. Diretor da OMS reforça políticas públicas após declaração de Bolsonaro. 2020. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2020/03/31/interna_politica,841508/diretor-da-oms-reforca-politicas-publicas-apos-declaracao-de-bolsonaro.shtml. Acesso em: 31 mar. 2020.

[6] Cf. SANTIAGO, Luzia. Escutai o grito de Deus. 2015. Disponível em: https://luziasantiago.cancaonova.com/mensagem/escutai-o-grito-de-deus/. Acesso em: 31 mar. 2020.

[7] HERBERT DE SOUZA (1935-1997), sociólogo e ativista dos direitos humanos, conhecido como Betinho. Zero Hora – ANO 56 – N° 19.473 – 9 de AGOSTO de 2019 – ALMANAQUE GAÚCHO / Por Ricardo Chaves / Com Állisson Santiago – Pág: 36

[4] FRANCISCO. MOMENTO EXTRAORDINÁRIO DE ORAÇÃO EM TEMPO DE EPIDEMIA: bênção “urbi et orbi”. BÊNÇÃO “URBI ET ORBI”. 2020. Disponível em: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/messages/urbi/documents/papa-francesco_20200327_urbi-et-orbi-epidemia.html. Acesso em: 01 abr. 2020.

[9] Instituto Humanitas Unisinos. Igrejas e coronavírus, entre boas práticas e atitudes inconsistentes. http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/597035-igrejas-estrangeiras-e-coronavirus-entre-boas-praticas-e-atitudes-inconsistentes# Acesso em: 01 abr. 2020.

[10] RAMPON, Ivanir Antonio. O caminho espiritual de Dom Helder Camara. São Paulo: Paulinas, 2013

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Missão Vocacional Edição 1 - Fotos

qua abr 8 , 2020
Missão Vocacional Edição 1 - Fotos
%d blogueiros gostam disto: