Missão Vocacional 2020

     “Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos!” (Salmo 24,4) – Esse foi o tema da missão vocacional realizada pela nossa congregação na cidade de Ipuã, na Paróquia Senhora Sant’Ana, mais especificamente no bairro da Capelinha, de 11 a 19 de janeiro. Foram 19 missionários vindos de três cidades do estado de São Paulo.  

     Da cidade de Barretos vieram os padres Ângelo e Costante, e mais agregado Fenando e as agregadas Akiko e Mirtes. De Marília participaram os padres José Antonio e Márcio, o Irmão Claudinei, mais cinco seminaristas: André, Kléber, Lucas, Mário e Michael, assim como o agregado Roberto e as agregadas Cícera e Andréa. De Osasco estiveram presentes: o Padre Adenilson, e os Irmãos Religiosos Pedro e Ronaldo.  

     A missão vocacional teve como objetivo despertar a comunidade paroquial para a importância de escutar o chamado que Deus faz a todas as pessoas. Como vocação universal, todos são chamados à vida e a santidade, porém a cada um Deus revela um plano de amor, que se concretiza em uma missão especifica na Igreja, podendo ser a vocação a vida Sacerdotal, Religiosa e leiga.  

     Nas atividades realizadas foi trabalhada a sensibilidade de rezar por todos os padres, principalmente por aqueles que estão perto de nós. Foram feitas bênçãos às famílias, bênçãos de casas, visitas aos doentes, celebrações, encontros com os coroinhas, catequistas, jovens e com o CPP, além de um sarau de evangelização na Praça da Matriz.  

     Para os missionários foi uma oportunidade ímpar de anunciar o amor de Deus, e também de conhecer novas realidades. A acolhida, a amizade e o afeto dos moradores de Ipuã e da Capelinha, foram muito ressaltadas pelos religiosos. Também fica aqui registrado o agradecimento ao Padre André, por ter sido o grande incentivador desta missão, bem como a Simone, secretária paroquial, por todo apoio logístico. Seguem abaixo o compêndio das atividades realizadas:  

 

Dia 11/01 – Sábado 

12h – Almoço. 

14h – Visita ao Bairro da Capelinha. 

16h30 – Reunião de preparação da Missão. 

19h – Missa do 1º dia da Novena de São Sebastião, Abertura da Missão e envio dos missionários.  

     “A missa foi presidida pelo padre André, e concelebrada pelos padres Ângelo, Márcio e Adenilson. Nesta celebração foi feita a bênção e envio dos missionários da Congregação de Jesus Sacerdote, e também contou com o testemunho dos missionários incentivando a dimensão vocacional da comunidade.” 

 

Dia 12/01– Domingo 

8h30 – Laudes 

9h – Santa Missa Matriz de Sant’Ana – Testemunho no final da Santa Missa.  

 

     “A missa foi presidida pelo padre Márcio, e o seminarista Mário partilhou um pouco do seu testemunho vocacional. Estiveram presentes todos os missionários, e ao final da missa todos foram apresentados a comunidade paroquial da Matriz.” 

10h30 – Reunião dos Aspirantes e Irmãos para o encontro dos coroinhas. 

12h – Almoço na Barraca / Festa dos Santos Reis. 

14h – Reunião na Igreja Para o Sarau. 

16h – Encontro com os Coroinhas  

     “No encontro com os missionários da Congregação de Jesus Sacerdote, estiveram presentes 13 coroinhas, muitos acompanhados pelos pais. Neste evento, os missionários apresentaram o tema da vocação de forma lúdica por meio de dinâmicas que conscientizavam a multiplicidade dos possíveis chamados que Deus faz, ao mesmo tempo, buscavam conscientizar as crianças sobre a necessidade de se colocar constantemente em oração para que Deus envie santas vocações. Nesse processo, um dos coroinhas, Pietro, de seis anos, demonstrou o seu desejo de, no futuro, ser padre. Rezemos por essa vocação.”  

 

17h30 – Jantar e Partilha do Dia 

19h – Missa do 2º dia da novena de São Sebastião  

19h – Missa na Igreja Matriz  

20h30 – Noite Cultural na Praça da Igreja Matriz. 

 

     “A evangelização deve se dar de maneira múltipla, para alcançar uma diversidade de pessoas por variados meios e instrumentos que possam ser canais da mensagem de Deus. Sendo assim, nossa missão também contou com um momento cultural na praça da igreja matriz, reunindo as pessoas que ali transitavam e saiam da celebração eucarística. Esse momento contou com apresentações musicais de louvor e adoração, finalizando-se com um momento de oração e benção conduzida pelo padre Adenilson, que entronizou a imagem de Nossa Senhora Aparecida, ocasionando grandes emoções nas pessoas ali presentes. Agradecemos a todos que nos ajudaram com a estrutura, bem como a senhora Nilza Cris e sua equipe, os cantores Marcelo, Ramon e a berrantista Isadora.”  

 

Dia13/01 – Segunda. 

8h30 – Laudes 

9h – Reunião e divisão dos grupos de missão. 

9h30 ás 17h30 – Missão Capelinha e Igreja Matriz ( Visitas às Casas, doentes, idosos. Bênção e unção dos enfermos)  

17h30 – Jantar e partilha do dia.  

19h – 3° dia da novena de São Sebastião. Missa Capelinha. 

 

     “O padre André, pároco da paroquia de Sant’Ana, viu a necessidade de uma melhor preparação espiritual para a festa de São Sebastião. Nesse sentido, a solenidade do padroeiro foi, pela primeira vez, antecedida por uma novena que contou , em todos os seus dias, com celebração eucarística presidida pelos diversos padres da Congregação de Jesus Sacerdote e pelo pároco local. Frutífera foi a participação da comunidade que ali se reuniu para o santo sacrifício, marcando presença desde crianças, jovens, adultos e idosos que ali expressaram a sua devoção a São Sebastião. Muitos paroquianos afastados se fizeram presentes nas celebrações, incentivados pelas visitas dos missionários.” 

  

14/01 – Terça 

7h30 – Santa Missa 

8h30 – Laudes  

9h ás 17h30 – Missão Capelinha e Igreja Matriz (Visitas às Casas, doentes, idosos. Bênção e unção dos enfermos)  

17h30 – Jantar e partilha do dia.  

19h – 4° dia da novena de São Sebastião. Missa Capelinha. (Agregados, Aspirantes, postulantes, irmãos, padre Adenilson)  

 

     “A missão também abriu espaço para a ação da misericórdia de Deus por meio da eficiência sacramental. Após o término das celebrações eucarísticas, nossos padres se disponibilizaram para atender as confissões dos paroquianos que desejavam se reconciliar com Deus. Muitos desses, que há muito tempo estavam afastados dos confessionários, ali encontram consolo na piedosa acolhida paternal, expressa na absolvição oferecida pelo Cristo através das mãos do sacerdote.”   

 

19h30 – Mães que rezam pelos filhos – Comunidade Cristo Semeador  

 

     “O encontro foi realizado na comunidade Cristo Semeador, contou com a participação dos nossos missionários: Padre Márcio, Roberto e Mirtes. O terço foi na intenção das famílias, onde também foi partilhada a importância de se rezar pelas vocações e pelos sacerdotes. Foi um rico momento de partilha e de comunhão comunitária. Estavam presentes 10 mães participantes do grupo.” 

 

19h30 – Adoração ao Santíssimo Sacramento na Igreja Matriz  

 

     “Com a condução do Padre Angelo Fornari, e a participação dos missionários Mário e Cícera, e da comunidade paroquial, a adoração foi realizada nas intenções de oração pelas vocações.” 

 

15/01– Quarta 

7h30 – Santa Missa 

8h30 – Laudes  

9h ás 17h30 – Missão Capelinha e Igreja Matriz ( Visitas às Casas, doentes, idosos. Bênção e unção dos enfermos)  

17h30 – Jantar e partilha do dia.  

19h – 5 ° dia da novena de São Sebastião. Missa Capelinha. ( Fernando e Akiko, Andre, Michael, Mário, Ir. Claudinei, Ir. Ronaldo e Padre José Antonio)  

19h30 – Encontro com os catequistas . ( Ir. Pedro, Mirtes, Kléber e Lucas) 

 

     “A formação daqueles que orientam nossas crianças em seus primeiros anos é sempre uma preocupação primordial em qualquer paróquia. Os missionários realizaram um encontro com os catequistas para trabalhar a importância da oração pelas vocações e a conscientização de nossas crianças sobre essa temática. Esse encontro contou com uma rica partilha feita na apresentação dos catequistas somada com a sua experiência de chamado a exercer esse ministério; partindo dessa ação, os missionários apresentaram o valor da vocação conjuntamente com o carisma da Congregação e sua finalidade de orar e trabalhar pela santificação do clero.” 

 

16/01 – Quinta. 

7h30 – Santa Missa  

8h30 – Laudes  

9h ás 17h30 – Missão Capelinha e Igreja Matriz ( Visitas às Casas, doentes, idosos. Bênção e unção dos enfermos)  

11h Entrevista na Rádio comunitária – Ir. Ronaldo. 

 

     “O Irmão Ronaldo participou de uma entrevista na rádio Liberdade FM, onde pode partilhar um pouco sobre a missão vocacional e sobre a congregação de Jesus Sacerdote. Foram ressaltados os aspectos da importância da missão na vida da Igreja Católica como forma de aproximação com o povo, e também como incentivo para que todos sintam-se responsáveis pelo trabalho vocacional.” 

 

17h30 – Jantar e partilha do dia.  

19h – 6 ° dia da novena de São Sebastião. Missa Capelinha. 

19h30 – Encontro com o CPP paroquial. 

 

     Animado e conduzido pelos missionários, a reunião extraordinária do CPP foi um rico momento de partilha de vida. Com grande participação das lideranças paroquias foi ressaltado na reunião a importância da comunhão e da cooperação dos leigos, com os ministros ordenados. Também nesta reunião foi apresentado o carisma da congregação de Jesus Sacerdote como forma de animar as lideranças a trabalhar pela santificação do clero, e também por todas as vocações. 

 

17/01 – Sexta 

8h30 – Laudes  

9h ás 17h30 – Missão Igreja Matriz ( Visitas às Casas, doentes, idosos. Bênção e unção dos enfermos.  

 

     “Na cidade de Ipuã, a ação dos missionários priorizou a visita e atendimento aos doentes. Os padres da Congregação estiveram presentes para ministrar o sacramento da Unção dos Enfermos e levar consolo e encorajamento por meio de uma palavra amiga dirigida aos enfermos e seus familiares  que compartilham de sua dor. Essa palavra ressaltou a importância de se dar um novo significado ao sofrimento sob a luz da fé, na qual os doentes poderiam estar oferecendo os momentos de sacrifício pelos quais estão passando em prol das vocações. Aproximadamente foram visitados 80 enfermos.” 

 

14hs – Visitas e benção as casas. 

 

     “Durante toda a semana, além da ação sacramental aos doentes, os missionários percorreram várias casas dos paroquianos conscientizando sobre a importância de se rezar pelas vocações, fazendo um momento de espiritualidade e oração, conjuntamente abençoando os imóveis visitados.” 

 

17h30 – Jantar e partilha do dia.  

19h – 7 ° dia da novena de São Sebastião. Missa Capelinha. 

 

18/01 – Sábado 

8h30 – Laudes  

9h as 13hs – Missão na Capelinha. 

 

     “Durante a semana os missionários visitaram as casas que compõe o distrito de Capelinha, conhecendo a realidade das famílias que ali residem, incentivando as mesmas a se dedicarem pela oração a favor das vocações e apresentando o carisma e missão da Congregação de Jesus Sacerdote. Muito bem recebidos, os missionários vivenciaram  momentos riquíssimos de profunda humanidade na medida em que a presença de Cristo era encontrada em cada pessoa visitada e nos testemunhos que eram ouvidos pelos missionários, estes que, de maneira unânime, sentiam a certeza de que muito aprenderam com aqueles moradores.” 

 

9h – Visita ao Hospital. 

10h – Visitas aos doentes. 

12h – Almoço  

15h – bênção de casas.  

17h30 – Jantar e partilha do dia.  

19h – 8° dia da novena de São Sebastião. Missa Capelinha. 

19h – Missa na Igreja Nossa senhora Aparecida. 

 

19/01– Domingo 

9h – Missa na Igreja Matriz. 

11h – Momento de oração com todos os missionários.  

12h – Almoço. 

 

     “A recepção dos missionários foi marcada profundamente pelo carinho humano nascido daquelas famílias que, embora o pouco tempo passado, possibilitou o estreitamento dos laços de comunhão. Essa relação de fraternidade se revelou principalmente nos momentos das refeições, preparados cuidadosamente pelas famílias e pela equipe da casa paroquial, que abriam a porta de suas casas generosamente para receber nossa equipe. Tudo muito bem preparado, deixou na memória o sabor da afeição fraterna que ali foi construída o qual ficou guardado não somente na mente, mas também no coração de cada missionário participante.” 

 

17h30 – Jantar e partilha do dia. 

19h – 9° dia da novena de São Sebastião e missa de encerramento das missões.  

 

     “Um dos momentos mais marcantes da missão foi o encerramento da novena de São Sebastião que também marcou o término das atividades dos missionários na cidade de Ipuã e no distrito de Capelinha. A missa presidida pelo padre André contou com a reunião de todos os missionários, os quais ofertaram no final da celebração o quadro de Maria, Mãe do Sacerdote como símbolo e lembrança da missão ali realizada.”  

 

Clique aqui e veja nossa galeria de fotos completa!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Clique aqui para baixar este artigo em PDF

 

Cronistas: 

 

Ir. Pedro Paulo Queiroz, CJS. Religioso na Congregação de Jesus Sacerdote, Editor Geral da Revista Voz Amiga, Formado em Licenciatura Plena em Filosofia pela FAJOPA, e cursando o 5º semestre de Teologia no UNISAL. Bolsista PIBIC-CNPQ

 

Ir. Pedro Paulo Queiroz, CJS. 
Religioso na Congregação de Jesus Sacerdote, Editor Geral da Revista Voz Amiga, Formado em Licenciatura Plena em Filosofia pela FAJOPA, e cursando o 5º semestre de Teologia no UNISAL. Bolsista PIBIC-CNPQ

 

 

Kleber Sienna Aspirante na Congregação de Jesus Sacerdote, Formado pela Universidade Federal de Uberlândia no curso de História (bacharelado e licenciatura), e mestrado em História, pela mesma instituição de ensino, se especializando em história do imaginário naval.

 

Kleber Sienna. 
Aspirante na Congregação de Jesus Sacerdote, Formado pela Universidade Federal de Uberlândia no curso de História (bacharelado e licenciatura), e mestrado em História, pela mesma instituição de ensino, se especializando em história do imaginário naval.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Um testemunho de uma família a serviço da santificação Sacerdotal

qui abr 9 , 2020
          Deus, em sua infinita bondade, tem preparado e formado nossa família pelas mãos da Congregação de Jesus Sacerdote – CJS. Tive a oportunidade de contar em outra edição da Revista Voz Amiga, como Deus me chamou e me deu a conhecer esta obra Dele. Para […]
%d blogueiros gostam disto: